O governador eleito e interventor de Roraima, Antonio Denarium (PSL), começa hoje (10) oficialmente as atividades no estado por determinação do presidente Michel Temer. A governadora Suely Campos (PP) será afastada do cargo. No fim de semana, Denarium reuniu a equipe para definir o Plano de Ação que será apresentado amanhã (11) a Temer em Brasília.

O governador eleito vai pedir ao presidente da República o adiantamento de recursos para pagar os servidores públicos do estado, fornecer merenda e transporte escolar e colocar medicamentos na rede pública de saúde. Nas redes sociais, ele reiterou suas prioridades.

“Nossa prioridade será o pagamento dos servidores públicos estaduais. Tenham a certeza de que não iremos descansar até que essa situação seja totalmente resolvida. Aqui nasce um novo [estado de] Roraima.”

Intervenção

Ontem (9, Denarium se reuniu com o general Eduardo Pazuello, que assumirá a Secretaria Estadual da Fazenda durante o período de intervenção em Roraima. Nas redes sociais, ele sintetizou como foi a reunião.

“Conversamos e alinhamos detalhes de como será esse importante trabalho. A chegada do general Pazuello e sua equipe de trabalho somará forças aos nossos propósitos de reequilibrar o cenário econômico do estado, refletindo seriedade, transparência e, principalmente, responsabilidade com a gestão dos recursos públicos.”

A intervenção federal no estado foi negociada com a ex-governadora Suely Campos e aprovada pelos conselhos de Segurança Nacional e Defesa Nacional. Após a reunião em Brasília amanhã, Denarium disse que espera voltar para o estado com a certeza da solução para as prioridades.

Fonte: Política EBC