SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Santos venceu o Botafogo na manhã de domingo (21) e alcançou o Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro. Diferente da temporada passada, a boa campanha santista passa pelos resultados obtidos longe de seus domínios: o Santos é o melhor visitante do torneio.
Em seis partidas distante de sua torcida, o time comandado por Jorge Sampaoli venceu quatro, empatou uma e perdeu apenas uma, justamente para o Palmeiras. Os 13 pontos conquistados dos 18 possíveis dão ao Santos um aproveitamento de 72%.
Na última temporada, o Santos fez apenas 17 pontos em 19 jogos fora, vencendo apenas quatro partidas como visitante durante todo o torneio, número já alcançado neste ano. Foram cinco empates e 10 derrotas longe de casa no ano de 2018.
O clube da Vila Belmiro não é conhecido pela força fora de casa, pelo contrário: costuma ser um time que conquista a maior parte de seus pontos dentro de seus domínios. Nos últimos 10 anos, em apenas dois o Santos ficou no G-6 da classificação como visitante. Também levando em consideração os últimos 10 anos, a média de pontos que o Santos conquista fora de casa é de apenas 19.
Ou seja, caso vença mais duas partidas, a equipe de Jorge Sampaoli já alcançaria a marca e isso pode acontecer ainda no primeiro turno da competição, já que o Santos ainda atua mais quatro vezes longe de seus domínios.
O Santos agora foca em tomar a liderança geral do Brasileiro. Empatado em pontos com o Palmeiras, mas sete gols atrás no saldo, o time comandado pelo técnico argentino terá duas partidas em casa de forma consecutiva e contra adversários mais modestos: o Avaí, neste domingo, às 16h, e o Goiás, no outro domingo, às 11h.
Apesar de não ser o melhor mandante do Brasileiro, o Santos está invicto dentro da Vila Belmiro neste ano e só empatou uma vez: o 0 a 0 com o Internacional, pela sexta rodada. Nas outras seis partidas que fez no estádio da Baixada Santista foram seis vitórias, com 12 gols marcados e apenas dois sofridos.