BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro questionou neste sábado (20) simpatizantes se ele deve acabar ou não com a Ancine (Agência Nacional do Cinema).
Ele fez a pergunta a pessoas que o aguardavam na entrada do Palácio do Alvorada enquanto concedia entrevista a veículos de imprensa.
“Vamos fechar a Ancine ou não vamos?”, questionou, obtendo gritos de “vamos” como resposta.
O presidente afirmou na sexta-feira (19) que a agência reguladora poderá ser privatizada ou extinta caso não seja possível usar filtros nas produções nacionais.
Bolsonaro, que não especificou a que tipo de filtro se referia, falou ao final de um evento no Ministério da Cidadania em comemoração do Dia Nacional do Futebol. 
Ele afirmou que a ideia é que a agência vire uma secretaria ligada a um ministério ainda não definido. 
“A cultura vem para Brasília e vai ter um filtro sim, já que é um órgão federal. Se não puder ter filtro, nós extinguiremos a Ancine. Privatizaremos ou extinguiremos. Não pode dinheiro público ser usado para fins pornográfico”, disse.