SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – As apresentações finais de “O Livro ao Vivo”, de Jô Soares, marcadas para quinta (4), sexta (5) e sábado (6) no Teatro Faap, em Higienópolis, foram canceladas. O motivo, segundo a assessoria do espetáculo, é um resfriado do apresentador e humorista, que o deixou afônico.
Com isso, a temporada da montagem, que estreou em 11 de abril e passou três meses em cartaz, foi encerrada de forma antecipada. O teatro já está reservado para a estreia do musical “Pippin”, de Charles Möeller e Claudio Botelho, daqui a duas semanas, no dia 19 de julho.
Ainda segundo a assessoria, as sessões, esgotadas, serão ressarcidas. Para ter os valores devolvidos, é necessário ligar para o Teatro Faap, no telefone (11) 3662-7233.
Retorno de Jô aos formato do show humorístico depois de quase 15 anos, “O Livro ao Vivo” se baseava nos dois volumes da autobiografia do apresentador, “O Livro de Jô”—trocadilho com o livro biblíco de Jó—, lançados pela Companhia das Letras em 2017.
Neles, são narrados fatos marcantes de sua trajetória, além de episódios com personalidades como Bibi Ferreira e momentos importantes da história brasileira, como o golpe militar de 1964.
Coautor dos livros, o jornalista Matinas Suzuki Júnior também subia ao palco ao lado de Jô. Era ele quem lançava os ganchos dos temas a serem explorados pelo apresentador.
Jô também havia adiado a estreia da peça, originalmente prevista para 6 de abril, por conta de uma gripe.