SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Intelectual que analisa as grandes correntes do pensamento ocidental, o britânico Roger Scruton estará em São Paulo nesta quarta-feira (3) para participar do Fronteiras do Pensamento. A conferência acontece no Teatro Santander (av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041, Itaim Bibi), às 20h30.
Scruton é autor de obras sobre filosofia, política e estética. Professor na Inglaterra e nos Estados Unidos, é um dos expoentes do pensamento conservador contemporâneo e grande polemista. Considerado um dos mais importantes filósofos da atualidade, lecionou na Universidade de Londres e, atualmente, é professor na Universidade de Buckingham.
É ainda membro da Academia Britânica, do Centro de Ética e Política Pública em Washington e da Sociedade Real de Literatura. Integra também o Future Symphony Institute, dedicado a popularizar a música clássica.
Entre suas obras estão “Estética da Arquitetura”, “A Alma do Mundo”, “O rosto de Deus” e “As Vantagens do Pessimismo”. Além de seus livros e produções acadêmicas, produziu para a rede BBC o documentário “Por que a Beleza Importa?”.
Segundo o filósofo, a beleza está desaparecendo do mundo porque vivemos como se ela não importasse. Seu livro mais recente, “Conservadorismo – Um convite à Grande Tradição”, que será lançado no Brasil em 1º de julho, apresenta a história e a evolução do movimento conservador ao longo dos séculos.
A temporada 2019 do Fronteiras do Pensamento traz a São Paulo oito pensadores reconhecidos internacionalmente. As primeiras conferências foram de Graça Machel e Paul Auster. Também irão passar pela capital, até novembro, Contardo Calligaris, Denis Mukwege, Janna Levin, Luc Ferry e Werner Herzog.