SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 18 gols, o líder Palmeiras vem conseguindo evitar uma dependência de seus homens de frente para botar a bola na rede. Com Deyverson como o único centroavante do elenco em boa fase, o time de Scolari tem “driblado” a falta de gols dos camisas 9 com muita participação de outros setores do time, dividindo bastante as responsabilidades ofensivas.
Ao todo, são 53 gols marcados pelo Palmeiras na temporada. Menos de 20% foram feitos por centroavantes: foram seis de Deyverson, três de Borja e um de Arthur Cabral. O artilheiro do time no ano é o meia Gustavo Scarpa, com sete gols. O zagueiro Gustavo Gómez e o volante Bruno Henrique também estão entre os principais goleadores, e nada menos que 18 jogadores já balançaram as redes em 2019.
Os números são vistos internamente como uma mostra do equilíbrio do elenco. Com Felipão mantendo o rodízio de titulares, o Palmeiras conseguiu manter a consistência ofensiva em grande parte do ano. Houve uma pequena oscilação entre o fim de março e o começo de abril, quando a equipe passou três jogos sem fazer gol, mas desde então foram 14 partidas seguidas com bola na rede adversária.
A distribuição de gols tem compensado até o mau momento de Borja e Arthur Cabral, que hoje estão bem atrás de Deyverson na disputa por uma vaga no time. O colombiano, que foi artilheiro do time no ano passado com 20 gols, não marca desde fevereiro, contra o Ituano, e perdeu até o status de reserva imediato. Já o jovem contratado do Ceará teve só quatro oportunidades de jogar e fez um único gol, em março, contra o Novorizontino.
Com isso, Deyverson terminou o semestre atuando em quase todas as partidas. Além do melhor desempenho goleador, o camisa 16 tem outras vantagens grandes em relação aos concorrentes na visão da comissão técnica: se movimenta mais para dar opção na frente, é um excelente alvo de bolas aéreas quando o time precisa esticar a jogada e ainda ajuda muito na marcação, pressionando a saída de bola rival. Com o centroavante cumprindo a função pedida por Felipão, o Palmeiras tem mostrado que não depende de um jogador de área para fazer seus gols.

Confira a artilharia do Palmeiras na temporada:
7 gols: Gustavo Scarpa
6 gols: Deyverson
4 gols: Bruno Henrique, Dudu, Gustavo Gómez, Raphael Veiga e Ricardo Goulart (já deixou o clube)
3 gols: Borja, Marcos Rocha e Zé Rafael
2 gols: Felipe Melo, Hyoran e Moisés
1 gol: Arthur Cabral, Carlos Eduardo, Felipe Pires, Luan e Mayke