SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A corretora de seguros online Minuto Seguros, que permite fazer cotações em 13 seguradoras a partir de informações fornecidas pela internet, recebeu investimentos de US$ 60 milhões (R$ 230 milhões).
Os recursos vieram principalmente dos fundos Redpoint eventures (que já vinha aplicando recursos na empresa desde 2012) e Intact Ventures, do Canadá.
A companhia foi idealizada pelo executivo Marcelo Blay, que atuou no setor nas empresas porto Seguro e Itaú Seguros.
Blay é neto de Abrahão Garfinkel, que comprou a Porto Seguro nos anos 1970.
Em nota para a imprensa, a companhia informa ter vendido 480 mil apólices desde seu lançamento em 2011.
Anderson Thees, sócio da Redpoint eventures, disse, na nota, que a equipe da Minuto tem se destacado em capturar uma parte significativa do mercado de seguros de automóveis, ainda pouco explorado no Brasil.
“O seu uso de análise de dados, combinado às melhores práticas mundiais de vendas, têm permitido à empresa a renovação de apólices e retenção de clientes em patamares superiores a 85%, o que amplia as suas receitas recorrentes”, diz.
Uma das principais apostas da Minuto Seguros foi acreditar que, mesmo oferecendo o canal digital para que consumidores conhecessem seu serviço e comparassem diferentes modalidades de seguros, era necessário manter um atendimento com consultores para apoiar clientes que não tinham experiência nesse tipo de compra.
O atendimento pode ser feito por e-mail, telefone, celular, Whatsapp e presencialmente.